26 maio 2011

Encomendas de viagem...

Imagem: Google

"Ahhh, vai pro exterior? Traz uma coisinha pra mim?"
Quem já não ouviu isso?
Parece que a euforia de quem quer encomendar é maior que a de quem vai viajar.
Francamente, eu acho o fim pedir esse tipo de coisa!
A sugestão deve partir do viajante e mesmo assim é dever recusar.

Geralmente as pessoas usam o argumento: "é só uma coisinha pequena", mas  isso não muda a situação.
Imagine se todos os seus conhecidos pedissem uma "coisinha pequena"?
Hipoteticamente usarei o facebook.
Com 200 contatos significaria ter 200 "coisinhas pequenas" a mais na mala!
Será que já ouviram falar em peso de bagagem? Cota? Sem contar que quando eu estou viajando quero me desligar dos compromissos e aí vem o  inconveniente 'amigo' e pede detalhadamente marca, nome, modelo, cor, tamanho,  indica a loja e ainda te dá alternativas caso não encontre a primeira opção!
Então você dedica grande parte do seu tempo de férias e lazer destinado às suas compras e passeios, visitando lojas que muitas vezes nem são se seu interesse, checando lista, conferindo ítens e enfrentando filas para levar as tais encomendas, que muitas vezes nem o dinheiro recebeu antecipadamente!

Há quem não consiga perceber o constrangimento que passa uma pessoa ao receber um pedido indelicado desses e, na ânsia de adquirir seus produtos esquece desta regrinha de educação.
Por isso conheço pessoas que viajam e não comentam com ninguém até a véspera, exatamente pra escapar dessa furada.


Meu blog, minha opinião.