18 fevereiro 2011

Eu tenho opinião própria

Não, eu não sou mal-humorada, quem me conhece pode validar minha frase.
Mas confesso, sou pavio curto, do tipo que não precisa muito pra perder a paciência.
Porém sempre conto até 20 pra não soltar os cachorros, afinal, mamãe me ensinou a ter educação!
E assim relevo bastante coisa, caso contrário o que se tornaria minha vida?

Ultimamente tenho o hábito de falar através do blog,  mas sempre optei pela franqueza ao relatar o que me desagrada ou causa bem-estar.

Então eu comunico:
Sei expressar minhas opiniões, desejos, vontades, insatisfações e elogios.
Não autorizo ninguém, desde que previamente consentido e acordado, falar em meu nome, divulgar ou expressar qualquer comentário ou opinião pessoal me incluindo como co-autora.
 
Sinto-me à vontade e perfeitamente preparada para manifestar qualquer opinião a respeito de qualquer assunto por conta própria.
 
Existe um limite entre a tolerância e a permissividade.