13 outubro 2010

Esse assunto estava me incomodando!

Quando criei este blog  foi com o intuito de expor minhas opiniões e comentar sobre as coisas que se passam comigo, sejam boas ou ruins.
Mas por uma questão de educação, nem tudo posso expressar aqui em consideração aos amigos que possam estar envolvidos mesmo que de forma indireta com determinado assunto.

Portanto.... Peço desculpas por esta postagem.

Isso vem me "consumindo" e resolvi deixar de lado as boas maneiras e escrever o que aconteceu  há uns 15 dias.

Voltei a estudar inglês!
Estou suuuuper satisfeita com o curso escolhido e principalmente com o excelente professor.
Mas antes de optar por este que fica mais longe de casa,  cheguei a procurar um outro curso mais próximo.
DETESTEI!
A minha primeira má impressão ocorreu já no teste oral de nivelamento, mas como sou "chata", porém transigente, resolvi dar uma segunda chance e tentar retirar a tal má impressão, assistindo a uma aula experimental...
Que tristeza! Só fortaleceu a raiva!

Aula sem planejamento,
Professor sem didática,
Aula desorganizada e  baseada exclusivamente em traduções para o português, que sempre soube não se tratar do melhor método.... se fosse  pra traduzir um rol de palavras, eu usaria o dicionário, não precisaria pagar um curso!
Aula que se perdia nas conversas extensas em português conduzidas pelo próprio professor, com um assunto totalmente fora do contexto da matéria, transformando-se numa roda de bate-papos.
Professor que não corrigia pronúncia e nem erros gramaticais!
Cheguei a questioná-lo ao final da aula sobre meu desempenho, estava estranhando eu(e nenhum dos outros alunos) não ter cometido nenhum erro na conversação, foi quando ele disse que eu havia cometido sim, mas que não cortaria meu raciocínio.
Ainda argumentei que concordo com o processo, pois não seria agradável ser interrompida toda hora, mas não ser corrigida nenhuma vez?
Como se ensina uma criança que fala errado a falar certo? Não é falando o certo e pedindo que repita?  Acredito que o processo seja o mesmo!

Em um curto espaço de tempo ele não soube responder algumas dúvidas de tradução feitas pelos alunos. Sim, eu sei que não se pode decorar o dicionário inteiro, mas caracaaa...se você vai dar uma aula não deveria se preparar pra isso? Dominar pelo menos aquele assunto que irá ensinar?
Esquecer o significado de 4 palavras que constam no livro não é muito, não?
Agora  para finalizar tem mais essa....Você confiaria estudar uma outra língua com alguém que fala errado seu próprio idioma?
'Garrei'  um ódio!!

Mas resolvi me render à preguiça e ir ao curso mais longe que está me trazendo muita satisfação!
Aliás, a total falta de didática deste professor me remeteu a um outro, só que de outra área!