27 setembro 2010

Moço, poderia bater uma foto minha, por favor? É só apertar aqui, ó!

Antes de sair de casa constatei que a bateria da câmera era suficiente para no mááááximo 2 fotos, isso se tivesse muita sorte!
Mas como fotografia é minha paixão e eu só tinha 4 pilhas praticamente descarregadas, arrisquei  levar do jeito que estavam, mesmo que isso significasse apenas transportar um enorme volume numa clutch ... valia tudo por uma foto!

Antes de encontrar os amigos no término da cerimônia de colação de grau a ansiedade já me dominava!
-eu queria sair na foto.... mas como reunir todos rapidamente, ligar a câmera apenas quando estivessem todos posicionados para poupar o restinho da bateria, entregar a câmera para quem iria apertar o botão, correr para a pose num ambiente lotado, esperar o enquadramento da foto...Mas sem que isso  levasse muito tempo!?...Ufa!.... O macete pra conseguir usar a bateria naquele estado era esse: ligar e clicar!

Bem, a primeira parte foi moleza.....
Todos reunidos e posicionados.

Até que eu liguei a câmera e entreguei a pessoa que faria a tarefa simples de apertar o botão!
Dei meia volta, corri  para o meu lugar e sorri...
e sorri... e nada!

Ele disse:
-o zoom não tá funcionando?
Imediatamente o desespero me dominou!
(não lembro de ter falado em zoom, apenas apertar o botão)
-Zoom? sim, está!  Mas tire assim mesmo!
Mas ele resolveu incrementar a foto...sem saber da situação!
Veio em minha direção... e resolveu me mostrar o suposto defeito.

-Olhe só!  não tá funcionando, não é aqui o botão que dá o zoom?
Sim, sim, é aí, mas não tem problema!
E percebi que um outro botão da câmera estava voltado para fotos com fundo de luz solar. Era noite e estavamos em um ambiente fechado! Isso não tinha relação com o zoom, mas com a qualidade da foto.
Então rapidamente retornei o botão para a posição correta.
E ele ali do meu lado olhando e palpitando... com a câmera na minha mão "me mostrou que eu estava errada", pois eu havia mudado o botão de posição!
Retornando ele mesmo o botão para posição (errada) anterior.

Ora, ora...
eu não conheço minha câmera?

A essa altura eu já estava irritada nervosa, deseperada ...afinal cada segundo com a câmera ligada era precioso!
Voltei pela segunda vez o botão para o lugar correto e gentilmente (bem, amigos, eu não sei se foi tão gentil assim)... corri para a minha posição no grupo, sorri e disse:
-tire assim mesmo!
Vai, é só apertar o botão!

adivinhem?
A bateria acabou!
A máquina apagou!
e minha cara fechou!

Meu desabafo de hoje é para quem gosta de fotos assim como eu.
Algumas pessoas têm o hábito de mexer na câmera alheia, por acharem que todos os botões são iguais!

Já não aconteceu de você tirar uma foto e algum amigo querer vê-la e sair apertando o botão da sua câmera?

Isso já alterou fotos tiradas pela minha, por apertarem o botão errado!
Sim, a maioria delas são parecidas, mas isso não dá o direito de sairem mexendo sem sua autorização!

Para concluir a história acima...
peguei outro par de baterias (havia levado 4 pilhas)... troquei rapidamente...
Gritei!
-Aperta só o botão! Por favor! antes que acabe essa também!
Agradeci e logo a bateria acabou também!
Enfim.......tenho uma foto para recordar!

Mamãe me ensinou:
"Não mexa naquilo que não é seu!"
Eu até hoje sigo sua recomendação.