16 agosto 2009

Melhor idade?

Eu acho engraçado essa mania que as pessoas têm de ficar alterando as denominações de algumas classes.

O exemplo que cito hoje é o termo melhor idade, que vem substituindo terceira idade há algum tempo.
E eu pergunto por quê?
Definitivamente não!

O idoso tem sua capacidade funcional reduzida e há uma maior vulnerabilidade à doenças.
A pele enruga, o cabelo embranquece, a vista fica deficiente, há dificuldade pra realizar tarefas simples como amarrar um tênis, correr, a velocidade do raciocínio diminui, o cansaço aumenta, o colesterol, as doenças cardiovasculares, tem ainda aqueles que têm mal de Parkinson, mal de Alzheimer, osteoporose, artrite, artrose, amnésia, arteriosclerose, diabetes, etc.
Enfim, todas as limitações naturais de um processo de envelhecimento.

Não, não é preconceito meu, é na minha opinião daquele que começou a usar este termo "melhor idade" para substituir velhice.
Isso é a melhor idade?
NÃO! NÃO! NÃO!

A velhice é uma fase sem compromissos, com tempo livre pra fazer quase tudo que quiser porém se a saúde e a aposentadoria permitirem, claro!
O idoso não tem algumas preocupações mas aparecem muitos outros incômodos.

Respeito e considero os idosos, acho que merecem toda consideração mas não sejamos hipócritas, chega de eufemismos, a velhice é uma fase da vida do indivíduo em que ele precisa se superar e aprender a conviver com suas limitações e muitas vezes rejeição e preconceitos.

Eu quero envelhecer mas não considero que esta será minha "melhor idade".